Time Autogerenciável: seu time consegue ser? - beefor

Time Autogerenciável: seu time consegue ser?

Por: 24 de agosto de 2022 5Min de leitura

Um time autogerenciável faz parte do parte do processo de aculturamento ágil. Contribui para que de forma consciente e produtiva todos saibam o papel na estratégia da organização. 

Segundo o Guia do Scrum versão 2020: “Os Scrum Teams são multifuncionais, o que significa que os membros possuem todas as habilidades necessárias para criar valor a cada Sprint. Eles também são autogerenciáveis, o que significa que decidem internamente quem faz o quê, quando e como.” 

Isso mesmo! O time se torna responsável por decidir “…quem faz o quê, quando e como.” Mas aí logo gera a dúvida, como isso é possível? Ou qual papel da liderança dentro desse cenário? 

Time Autogerenciável uma jornada a ser construída 

Ao adotar a transformação da cultura do time para a jornada da agilidade, se torna fundamental a criação das condições para que o time consiga realizar suas tarefas. Porém, para a liderança acostumada ao controle nos detalhes do que está sendo executado, isso pode gerar alguns impactos. 

Até mesmo ao realizar a reunião diária, ou Daily Scrum, é preciso ter cuidado para que resquícios de comando controle não dificultem essa transição. Por exemplo, quando o Guia Scrum indicava as perguntas: O que foi feito, o que pretendo fazer e se há problemas atrapalhando. Nessa situação muito comum em uma reunião que era para durar apenas 15 minutos, mergulhar em questionamentos que podem ser relacionados à produtividade. Dessa forma, além perder o foco da geração de valor e do produto, a objetividade da reunião também é perdida.   

Gestão de Times Ágeis: sem comando e controle 

O primeiro passo para essa jornada, é que a liderança compreenda que delegar se trata de empoderar o time de uma maneira não binária: “eu executo” ou “você executa”. Ou seja, uma relação de confiança e maturidade entre os envolvidos que irá depender do contexto, pois há níveis que possibilitam classificar o acordo com cada pessoa e sua determinada função. 

Governança Ágil: o segredo para desenvolver do jeito certo 

Mudança de mindset 

Para o time se adaptar e definir ações, é necessário ser de senso comum o destino e resultados esperados. Assim conseguirá tomar decisões de forma centrada na geração de valor para o cliente. E não apenas limitando o processo sobre as entregas que serão feitas. 

Tríade de Mindset, para quê?  

Desse modo, essa mudança de mindset pode ser conseguida tomando como referência para tomada de decisão os valores e princípios da agilidade. Cada um representa a base do pensamento ágil e ao utilizá-lo o time vai começar a amadurecer dentro do pensamento ágil. 

04 Valores Ágeis: soluções para base da mentalidade ágil 

12 Princípios Ágeis: impulsione a maturidade com essas dicas 

Usando o Delegation Board 

O amadurecimento do time e como consequência, o empoderamento para se tornar autogerenciável é um processo gradual e progressivo. Portanto, para não pular etapas e cometer equívocos sugerimos o uso do Delegation Board.  

Através dele a liderança vai conseguir: 

  • Proporcionar autonomia e melhor gestão de equipes distribuída; 
  • Empoderar o time; 
  • Estabelecer seus limites e restrições; 
  • Desenvolver a autonomia e autogestão. 

Delegation Board – Rumo ao autogerenciável 

Na plataforma beefor essa funcionalidade está disponível para que possa empoderar as pessoas e incentivar que os times tenham o melhor modelo de trabalho. 

Por fim, clique aqui e torne o trabalho das pessoas incrível. 

 

Escolha o melhor plano para sua necessidade e rompa as barreiras dando liberdade ao time!